7 dicas para manter a segurança do imóvel durante uma viagem

22 de maio de 2019

Quem é que não gosta de sair de férias? Afinal, passar um tempo viajando é ótimo, não é mesmo? No entanto, não podemos esquecer que alguns cuidados são essenciais para manter a segurança do imóvel durante o período em que estivermos ausentes.

Quer saber quais medidas são essas? Então continue a leitura e descubra como preparar a sua casapara que você possa ter uma viagem tranquila!

1. Evite deixar as luzes acesas

Muitas pessoas gostam de deixar uma luz acesa para indicar que o imóvel não está vazio e, assim, manter os invasores longe. É verdade que essa medida pode ser útil quando você chega tarde do trabalho, mas durante viagens longas, não é uma ideia tão boa.

Isso porque você gastará muita energia elétrica e, caso haja criminosos de olho na sua casa, eles notarão que a mesma luz está o tempo todo acesa e concluirão, portanto, que a casa deve estar vazia.

O ideal é ter lâmpadas de sensor, que acendem quando alguém passa na frente da casa. Elas são uma forma de ter mais segurança contra bandidos, sem um impacto muito grande na conta de luz.

2. Desligue tudo

Sempre que for sair de casa por alguns dias, tire todos os eletrodomésticos da tomada — exceto a geladeira, para os alimentos não estragarem. Também feche os registros de água e de gás. Assim, você deixa o imóvel completamente seguro contra vazamentos.

Computadores, TVs, fogões, micro-ondas e máquinas de lavar podem queimar facilmente se houver uma chuva forte com raios ou qualquer outra instabilidade no fornecimento de energia elétrica. Por isso, desligue todos esses itens.

Antes de sair, verifique de novo se tudo está fora da tomada. Além de evitar perder um aparelho precioso, você também terá uma boa >economia de energia elétrica.

3. Verifique trancas e cadeados

Tranque todas as portas, janelas e portões da casa e sempre confira novamente se está tudo bem fechado. Se a porta de entrada tiver mais de uma fechadura, o ideal é passar a chave em todas.

Caso você tenha alguma janela, porta ou portão com algum defeito, não deixe de fazer o >reparoantes da viagem — ainda que seja, por exemplo, uma janela voltada para os fundos da casa. Afinal, caso alguém pule o muro, poderá ter acesso a ela.

Evite deixar cadeados do lado de fora do portão, pois isso indica que não há pessoas em casa. Quem mora em apartamento também precisa verificar se tudo está trancado, apesar de os riscos serem menores.

4. Conte com alguém de sua confiança

Mesmo que você passe somente uma semana fora, é bom ter uma pessoa com quem você possa contar para verificar se está tudo bem em sua casa, além de receber a correspondência por você. Afinal, correspondência acumulada na frente de casa é uma forma de deixar claro para pessoas mal-intencionadas que o imóvel está vazio.

Você pode avisar para os vizinhos ou para o porteiro que vai viajar e pedir que ele chame a polícia caso note alguma movimentação em sua casa. Se a viagem for mais longa, pergunte se você pode ligar de vez em quando para saber se está tudo bem.

Se você tem plantas e >animais em casa, combine com algum amigo ou parente para que ele possa ir periodicamente a sua casa para alimentar o bichinho e regar as plantas.

5. Invista em tecnologia

Para quem passa longos períodos fora com frequência e sempre deixa a casa vazia, pode ser uma boa ideia investir um pouco mais em segurança. Por exemplo, instalando uma cerca elétrica no muro.

Essa é uma forma bastante segura de evitar que pessoas mal-intencionadas entrem na sua casa. No entanto, para que a cerca seja realmente eficiente, é preciso que o portão também seja resistente.

Câmeras de segurança também são uma boa ideia, e hoje em dia é possível monitorar as imagens captadas por elas >diretamente do celular, utilizando aplicativos de integração para smartphones e tablets.

6. Tome cuidado com as chaves

Jamais esconda uma chave debaixo de tapetes ou vasos próximos à porta, pois esse é um truque conhecido. Além disso, só deixe uma cópia das suas chaves com outra pessoa se você realmente precisar que alguém verifique algo dentro do imóvel.

Se você tem animais de estimação, mas não tem ninguém de confiança para tomar conta deles durante a viagem, hospede-o em um hotel para pets ou na casa de cuidadores especializados.

Jamais deixe a chave do seu imóvel com alguém que você não conhece, nem mesmo com vizinhos ou porteiro, somente com amigos próximos e familiares de confiança.

Leve todas as suas chaves para a viagem e sempre deixe-as juntas em um lugar seguro, como em sua bagagem de mão. Na hora de sair para passeios, guarde a chave de casa no hotel, para evitar perdas.

7. Faça um seguro residencial

É muito importante se resguardar para que infortúnios não aconteçam. No entanto, também é fundamental ter em mente o que você fará caso aconteça algum problema em sua casa.

Por isso, recomendamos que você contrate um seguro residencial. Dependendo do plano escolhido, ele pode cobrir danos na estrutura da casa, roubo de eletrônicos, incêndios e até mesmo prejuízos no imóvel causados por fenômenos naturais.

Para que dê tudo certo na hora de garantir a segurança do imóvel durante as férias, é importante fazer um bom >planejamento. Assim, você conseguirá se organizar com calma.

E se você for viajar de carro ou pretende alugar um veículo, procure saber quais são os melhores modelos para pegar a estrada.

SUCESSO PROFISSIONAL

14 de maio de 2019

Confira dez ótimas dicas para obter o sucesso profissional e comece a colocá-las em prática agora mesmo!

1. Autoconhecimento Saiba quais são seus pontos fortes e que aspectos você precisa melhorar, tanto no âmbito profissional como no pessoal. Assim, você pode tirar partido de suas qualidades e ter uma visão clara do que precisa desenvolver ao longo da carreira.

 2. Objetivos Profissionais

Saber aonde você quer chegar é fundamental para alcançar o sucesso profissional. Defina metas de curto, médio e longo prazo e trabalhe para alcançá-las.

 3. Desenvolvimento Contínuo Um profissional de sucesso está em constante desenvolvimento. Não pare de estudar, faça cursos relacionados aos seus objetivos profissionais e aproveite as oportunidades de treinamento oferecidas pela empresa.

 4. Comprometimento Comprometimento significa dedicação e responsabilidade. Mantenha o foco na satisfação do cliente, na qualidade do seu serviço, no cumprimento das regras da empresa, na organização do seu espaço de trabalho e no respeito aos prazos estabelecidos.

 5. Colaboração O profissional que “esconde o jogo”, sonega informações e quer brilhar sozinho está em baixa no mercado. Por outro lado, pessoas que compartilham ideias e conhecimentos, contribuem para aprimorar processos e sabem trabalhar em equipe são cada vez mais valorizados.

6. Resiliência

A resiliência é a capacidade de superar obstáculos, resistir à pressão ou lidar com momentos de estresse sem se desequilibrar emocionalmente ou desanimar. Nas empresas, profissionais resilientes, que conseguem atravessar adversidades de forma madura e tranquila, são cada vez mais valorizados.

7. Confiança

A confiança em si mesmo não significa arrogância. Trata-se de ter clareza sobre suas capacidades, estar comprometido com seus objetivos, ter convicção de seus valores e segurança ao expor ideias e realizar uma atividade.

 8. Persistência

Um profissional de sucesso sabe aprender com seus erros e não desistir facilmente dos seus objetivos. Ser persistente é não “jogar a toalha” diante da primeira adversidade. Persistência também não é sinônimo de teimosia. É importante saber a hora de parar ou corrigir a rota para atingir o resultado esperado.

  9. Networking

Ter uma rede de contatos e alimentar esses relacionamentos contribui para a troca de conhecimentos, experiências, apoio e, porque não, indicações. É importante frequentar eventos de sua área de interesse e almoçar com seus colegas, mas também não esqueça de cultivar relacionamentos em outras esferas.

10. Ética

Postura ética e sucesso andam de mãos dadas. Um profissional ético respeita os limites de sua função, zela pelo patrimônio da organização, segue regras de conduta e contribui para o bom rendimento da equipe e da empresa, mantendo assim relações de qualidade com seus colegas e a confiança dos líderes.

4 cuidados essenciais na hora de comprar ou alugar um imóvel

16 de abril de 2019

Nós sabemos que comprar ou alugar um imóvel não é tarefa fácil. E existem 4 cuidados que são essenciais para você.

É comum que pessoas que queiram comprar, alugar ou até mesmo trocar de casa ou apartamento tenham algumas dúvidas ou não saibam exatamente o que precisam levar em consideração. Ou ainda, em muitos casos, não sabem nem como começar.

Se você está nessa situação, não fique preocupado, na verdade você é como a grande maioria das pessoas.

Por isso trouxemos essa dica, com 4 cuidados que consideramos essenciais para você ter na hora de comprar ou alugar um imóvel.

1. Você precisa saber o tipo de imóvel que quer morar

Parece até óbvio demais falar isso. Mas esse, além de ser o primeiro passo, ainda é um gargalo quando se trata de encontrar o imóvel dos sonhos.

Muitas vezes o cliente está decidido em comprar um imóvel, sabe até qual valor pode chegar mas não sabe o mais importante: que tipo de imóvel ele quer.

Dessa forma, após decidir se o ideal para você é uma casa, um apartamento ou sobrado, a próxima decisão é o bairro onde você quer se estabelecer.

Uma dica bem importante e que cabe aqui é: tenha pelo menos três opções em mente e leve em conta a estrutura de serviços, comércios e a facilidade de deslocamento. 

Tudo isso vai ser fundamental para a sua rotina depois que você estiver instalado no seu novo lar.

2. Verifique os arredores

Considere reservar algumas horas do seu dia para visitar as ruas e as redondezas de onde o imóvel se encontra.

Se você busca calma e tranquilidade, por exemplo, uma casa próxima a feiras-livres, bares, restaurantes ou boates pode não ser uma boa pedida para você, uma vez que esses ambientes costumam gerar um número grande de pessoas circulando no lugar.

Agora, se você prefere a agitação da noite, uma rua próxima a bares talvez seja o ideal para o seu caso.

O importante é você sempre olhar esses detalhes com atenção pensando no seu futuro.

3. Considere contratar um Corretor de Imóveis

Saber de preço de mercado, entender de valorização dos imóveis e até ter que negociar e barganhar o preço do imóvel que você deseja são partes comuns desse precesso de compra ou aluguel.

É aqui que entra a importância de um corretor, uma vez que ele é um profissional especializado nesse tipo de assunto.

O corretor poderá te auxiliar na busca do lar dos seus sonhos, te indicará os bons e maus negócios e certamente vai te ajudar  na negociação.

Agora uma dica extra aqui: contrate um corretor que te passe segurança, afinal é ele quem vai te ajudar na realização dessa aquisição que é tão importante para a sua vida.

4. Análise financeira

Na hora de fazer o negócio é imprescindível fazer uma análise financeira adequada ao tipo de imóvel que você pretende adquirir.

Seja ele novo, usado ou que ainda esteja na planta.

Agora que você tem as 4 dicas essenciais para dar o primeiro passo na busca da realização do seu sonho, certifique-se de estar com todos os documentos necessários em dia e bom negócio!